Seap recebe em visita ao Complexo de Santa Izabel o comando da GBel

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
O comandante da Guarda Municipal de Belém, inspetor Joel Monteiro Ribeiro, e o subinspetor geral, Sindeval Bittencourt, foram recebidos no Complexo Penitenciário em Santa Izabel, pelo secretário de Administração Penitenciária do Pará, Jarbas Vasconcelos, por diretores e gestores da Seap. A visita desta quarta-feira, 13/10, é parte da parceria e integração da secretaria, através do sistema integrado de segurança do estado, com todas as instituições da área. Com a Guarda Municipal já existe o trabalho para a futura instalação de um canil para o NOC (Núcleo de Operações com Cães) do GAP (Grupo de Ações Penitenciárias), da Polícia Penal da Seap, com adestrador cedido pela GBEL. Institucionalmente, ainda será feita parceria para cursos e treinamentos. 
 
O secretário apresentou ao comando da guarda municipal as principais diretrizes da atual gestão, sobre o novo modelo de administração penitenciária no Pará, que mudou o paradigma no sistema. Hoje, o Estado tem o controle sobre todas as unidades de custodiados da Seap. Jarbas Vasconcelos destacou a modernização do sistema, com as novas estruturas das unidades, o controle da gestão sobre a população carcerária e a segurança, que através de um rigoroso sistema de controle presencial e virtual, feito por meio da central integrada de monitoração eletrônica, garante avanços e mais tranquilidade ao sistema, com trabalho e educação para os custodiados.
 
 
No Complexo Penitenciário de Santa Izabel, os comandantes da guarda municipal, acompanhados de assessores, conheceram na Cadeia Pública para Jovens e Adultos (CPJA) e no Centro de Recuperação Penitenciário do Pará V (CRPP V), onde as salas do Parlatório e visitaram áreas internas e instalações das unidades para custodiados. Na Colônia Penal Agrícola de Santa Izabel, eles conheceram as unidades de produção como a panificação e a marcenaria.
 
O comandante da GBEL ficou muito satisfeito com o que viu e falou sobre o trabalho em parceria com a Seap e a segurança pública do Estado. “Acredito que a integração é o melhor caminho a ser tomado, a direção a ser seguida porque não conseguimos ter bons resultados trabalhando de forma individual isoladamente. Nesse sentido, a Guarda Municipal tem participado de várias operações integradas, inclusive coordenadas pela própria Segup, é essa participação, essa cooperação com a polícia militar, polícia civil, o sistema penitenciário e outras guardas municipais que tem trazido resultados muito bons no sentido da segurança pública”, afirmou Joel Monteiro Ribeiro, comandante da Guarda Municipal de Belém.
 
 
A Seap também recebeu o comando da Gbel, na sede da Central Integrada de Monitoração Eletrônica, onde foi encerrada a visita às unidades da secretaria e  os inspetores conheceram de perto todo o sistema de controle da secretaria sobre as unidades do estado e a monitoração de custodiados por uso de tornozeleira eletrônica. “A integração, não só com a guarda mas com todas as forças de segurança, é fundamental para que a gente consiga garantir a efetividade do monitoramento eletrônico, porque nós estamos falando de uma população relativamente grande de indivíduos monitorados. Então é fundamental que as forças todas estejam integradas, e a  guarda municipal é uma força valorosa para que a gente consiga atingir os nossos objetivos”, declarou  André Margalho, diretor da CIME.