Seap faz curso de defesa para servidoras e servidores

Versão para impressãoEnviar por e-mailVersão em PDF
Como continuidade em um de seus objetivos de qualificação, formação e capacitação, com educação constante, para suas servidoras e servidores, a Secretaria de estado de Administração Penitenciária (Seap), realiza durante todo o dia 16 de outubro o curso Porte Velado Avançado: Combate Cinza, no Centro de Treinamento e Instruções Especializadas (CIESP), da secretaria, em Santa Izabel.
 
O curso, através da Escola de Administração Penitenciária (EAP), capacita e prepara os servidores com o objetivo de prevenção, para defesa do agente quando estiver tanto dentro quanto fora do ambiente de trabalho, com antecipação e resolução em caso de riscos em eventos negativos de possível violência, inclusive o atendimento pré-hospitalar.
 
Segundo o instrutor do curso, André Margalho, Diretor da Central Integrada de Monitoração Eletrônica (CIME), a capacitação  já vem desenvolvendo a filosofia do comportamento defensivo, e a cada momento mostrando a sua importância. Mas precisa avançar em aspectos comportamentais, principalmente no que diz respeito à operação de equipamentos e à percepção de ambiente, dentro da política do comportamento defensivo, utilizando ferramentas disponíveis desde lanterna, buzina, apito até à arma de fogo. 
 
 
Ele chama a atenção dos alunos para estes aspectos. “Ele tem que perceber isso dentro da estratégia do comportamento diário, então o comportamento cinza tem como objetivo despertar o operacional para a necessidade de desenvolver essas habilidades e competências tanto do ponto de vista comportamental, cognitivo, mas também com as habilidades de manuseio e utilização das ferramentas”, ressaltou. 
 
O diretor declarou que a SEAP está de parabéns, porque é uma das forças de segurança que mais investem em treinamento e capacitação, tanto para dentro do ambiente operacional, quanto para preparar seus servidores para comportamento e defesa fora desse ambiente.
 
Para o Diretor da EAP, Paulo Cunha, esta é mais uma ação de formação dos nossos servidores, para que possam desenvolver sempre com mais técnica e mais qualidade as suas atividades. "É a Seap cada dia mais aumentando a nossa qualificação e o nosso pioneirismo, para  garantir  segurança em nossas atividades penitenciárias', declarou o diretor.